Carmem Lúcia tá uma fera – Seguinte: Cinco Ministros do STF (Gilmar, Toffoli, Lewandowski, Celso e Alexandre) resolveram armar uma arapuca para a presidente Carmem Lúcia e se deram mal. Marcaram uma reunião surpresa para pautar na marra a discussão sobre prisão após condenação em segunda instância. Queriam pegar a ministra de um jeito que ela não pudesse escapar. Acontece que o decano Celso de Melo, embora esteja contra ela nessa questão, é muito amigo dela e se viu constrangido em traí-la deste jeito. Então, a procurou na sexta-feira (16) e contou sobre a reunião. Ela ficou uma fera. E, como presidente do STF, tem o poder de barrar qualquer tentativa que vise passar por cima dela. Só ela pode pautar uma matéria. Ela foi avisada, mas a reunião vai acontecer amanhã. Vamos ver o resultado disso. Ela não vai dar mole. E já reafirmou sua posição, mais uma vez, na edição de hoje do Jornal Nacional. Ela, não só esta ferida como presidente da maior corte de justiça do País, como, também, esta se sentindo menosprezada como mulher. Quem viver, verá a fera empoderada!

Para Lula o MDB de Minas não é golpista – Esta batido o martelo. O governador petista de Minas Gerais vai contar com o MDB no seu palanque em busca do segundo mandato. Mesmo depois de demonizar o presidente Temer e a cúpula do MDB o PT rastejou e conseguiu o apoio dos emedebistas mineiros para o projeto de poder de Fernando Pimentel na terra do pão de queijo. Lula determinou em sua última viagem à região que “devemos perdoar os golpistas”. Como se vê, o vale tudo pelo poder é e, sempre será, o lema de Lula e seu PT.

Alckmin não decola – O PSDB de São Paulo não descarta Dória no lugar de Alckmin. é que pesquisas internas do partido não registraram nem um pontinho de crescimento de intenção de votos do governador, mesmo depois de quase um mês do anúncio da sua pré candidatura à presidente. Ele não cresceu nem mesmo em São Paulo onde vem investindo em propaganda sobre as realizações do seu governo. A meta inicial do PSDB de alcançar 10% de intenção de votos em abril já esta descartada. Ele continua oscilando entre os 6% e 8% do último Data Folha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*