A ordem de prisão temporária – cinco dias – contra o os acusados partiu do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal e é um duro golpe no presidente Temer que, também, esta sendo investigado no mesmo inquérito –

 A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira, 29, o empresário e advogado José Yunes, um dos donos da empresa Rodrimar, Antonio Celso Grecco, e o  ex-ministro de Agricultura Wagner Rossi.

Outro alvo da operação é o coronel da PM reserva João Batista de Lima Filho, o coronel Lima.

 As ordens de custódia são do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal no âmbito do inquérito que apura o Decreto dos Portos.
O presidente Michel Temer (MBD) é um dos alvos da investigação e está sob suspeita de beneficiar a empresa Rodrimar na edição do decreto voltado ao setor portuário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*