Com o voto de Rosa Weber, já há maioria — 3 a 0 — na Primeira Turma do STF para que o senador Aécio Neves, do PSDB, se torne réu por corrupção passiva e obstrução de Justiça no âmbito da delação da JBS.

Marco Aurélio Mello, o relator, e Luís Roberto Barroso também votaram nesse sentido. Votarão agora Luiz Fux e Alexandre de Moraes, presidente do colegiado.

Com O Antagonista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*