São mais de 60 mil assassinatos por todo país anualmente. Centenas de policiais são executados por toda parte, o Estado perdeu o controle da criminalidade e a violência se alastrou por todas as regiões, com bandidos armados e desafiando a polícia e até mesmo as próprias Forças Armadas –

E o pior, com o sucateamento das polícias Civil e Militar, tanto o combate quanto a inteligência investigativa para elucidar os crimes e punir os autores, fica comprometida, estimulando a reincidência dos delitos, criando o ambiente perfeito para a impunição.

A situação é tão grave que nem mesmo os crimes onde são vítimas polícias militares e até delegados, não são desvendados. Chega-se ao ponto crítico de ser necessário que campanhas patrocinadas por associações de policiais ganhem as ruas na busca de encontrar criminosos, oferecendo recompensas em dinheiro para quem apontar uma pista que elucide determinados crimes. É o caso do assassinato do delegado Marcos Torres. A Associação dos Delegados de Polícia Civil da Bahia distribuiu cartazes em busca de informações em troca de recompensa de R$ 10.000,00 (dez mil reais). Uma vergonha, para os governantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*