Militantes de movimentos sociais e sem-teto que ocupavam o prédio no centro de São Paulo que desabou após pegar fogo nesta madrugada hostilizaram Temer, que resolveu fazer uma visita ao local

O presidente Michel Temer, que está em São Paulo após passar o feriado em sua casa, resolveu fazer uma visita ao prédio que desabou após um incêndio na madrugada desta terça-feira (1) na região central da capital.

A visita, no entanto, foi interrompida por manifestações hostis de pessoas que estavam no local, que seriam moradores locais, famílias sem-teto de um movimento de moradia que ocuparam o prédio que chegaram a atirar objetos contra a comitiva do emedebista.

Na rápida entrevista que concedeu à veículos de imprensa pouco antes de começar a ser hostilizado, Temer disse que vai “providenciar assistência” às vítimas.

O incêndio teve início por volta das 3h da manhã e as causas ainda são desconhecidas. No prédio, moravam mais de 50 famílias que agora estão desabrigadas. Os bombeiros, que seguem trabalhando no local, informam que uma pessoa veio a óbito e outras três estão desaparecidas, mas as informações ainda são preliminares.

Confira o vídeo no momento em que Temer deixa o local ao ser hostilizado.

https://youtu.be/a3KoWQcRpLU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*