“Lula nunca será preso, porque senão o Brasil vai parar!”  “Ninguém terá coragem de prender o Lula.” “Se prenderem o Lula o Brasil vai pegar fogo.” “Se prenderem o Lula vamos arranca-lo da cadeia à força.”

Muitas foram as bravatas que foram ditas durante o processo e condenação do ex-presidente Lula. Mas nada do prometido foi cumprido. Dos mais de 500 acampados em Curitiba para protestar contra a prisão do líder petista, hoje, restam apenas pouco mais de cinquenta militantes remunerados para fazer a vigília.

A presidente do PT havia prometido ao próprio Lula que o partido e as esquerdas iriam parar o país. Nada aconteceu. Por fim anunciaram uma mega manifestação dos sindicatos para o último dia 1º de Maio e nada. Foi um fiasco.

O próprio Lula teria dito que se preso fosse ficaria poucos dias na cadeia.

Hoje, seus partidários torcem para que saia antes de outubro, não para ser candidato, mas, simplesmente, para poder assistir ao pleito em prisão domiciliar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*