O Tribunal de Contas da União recomendou ao Congresso que bloqueie o repasse de recursos federais para 12 obras que apresentam indícios de irregularidades graves –

O relatório foi enviado para a Comissão Mista de Orçamento, à qual cabe dar a palavra final sobre se acata ou não a orientação da Corte. Do total, seis obras ainda não constam do anexo da lei orçamentária deste ano, que relaciona os empreendimentos proibidos de receber recursos novos.

Duas delas estão no Sudeste: em São Paulo, a Ferrovia Norte-Sul (trecho Ouroeste-Estrela D’ Oeste) e no Rio, Usina Termonuclear de Angra 3 (RJ).

As demais obras ficam no Nordeste. Fábrica de Hemoderivados e Biotecnologia (PE), Vila Olímpica (PI), Canal do Sertão (AL), Canal Adutor Vertente Litorânea (PB),

As irregularidades de sempre

Entre as irregularidades encontradas pelo TCU estão projetos deficientes, sobrepreço e superfaturamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*