Ex-ministro Paulo Bernardo e empresário Ernesto Kugler Rodrigues também foram absolvidos nesta terça-feira (19)

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) absolveu a senadora Gleisi Hoffmann (PT), o ex-ministro Paulo Bernardo e o empresário Ernesto Kugler Rodrigues das acusações de corrupção passiva majorada e de lavagem de dinheiro. A sessão ocorreu nesta terça-feira (19).Os ministros foram unânimes em absolver o ex-ministro Paulo Bernardo e o empresário Kugler em todos os crimes, mas divergiram quanto a culpabilidade de Gleisi em relação à corrupção passiva (desclassificada para o delito de falsidade ideológica eleitoral, conhecido como caixa 2).

O relator da ação, ministro Edson Fachin, e o ministro Celso de Mello votaram que Gleisi Hoffmann fosse condenada por caixa 2, já Dias Toffoli (ex-advogado do PT), Gilmar Mendes e Lewandowski votaram pela absolvição da senadora em todos os crimes.

Com informações do site R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*