Pedro Arthur tem 41 anos, é administrador de empresas. Ele, inicialmente, assume durante a licança de 121 dias requerida pelo pai à mesa do senado hoje pela manhã.

Como tudo indica que esse período de afastamento é apenas uma estratégia para sua defesa em função do foro privilegiado, o Senador afastado Chico Rodrigues tende a renunciar para não ser cassado e perder os direitos políticos e assim passar o mandato para seu filho substituí-lo até 2026.

O pedido de afastamento levou o ministro Luís Roberto Barroso a decidir pela suspensão dos efeitos da decisão que ordenava o afastamento do senador Chico Rodrigues. Barroso manteve, porém, a proibição de contato com os outros investigados.

Confira trecho da decisão do ministro: “Portanto, a licença requerida pelo Senador e deferida pelo Presidente do Senado produz os efeitos da decisão por mim proferida no que se refere ao seu afastamento temporário do mandato parlamentar, já que, licenciado, o investigado não poderá se valer do cargo para dificultar as apurações e continuar a cometer eventuais delitos”, escreveu o ministro em sua decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*