Dos 66 deputados federais que são candidatos, 59 concorrem a prefeito e 7 a vice-prefeito

15/11/2020 – Comprtilhe

A votação se estende até as 17h; horário das das 7 às 10h é preferencialmente dos idosos

O primeiro turno das eleições municipais acontece neste domingo (15) em 5.568 municípios. Estão aptos a votar 147,9 milhões de eleitores. O pleito foi adiado devido à pandemia de coronavírus. Em Macapá, foi adiada para dezembro, em razão do apagão que afeta o estado. No calendário habitual, as eleições ocorrem no primeiro e no último fim de semana de outubro.

Desta vez, o segundo turno, quando for o caso, está marcado para o dia 29, duas semanas depois do primeiro. Essa etapa das eleições depende do número de eleitores na cidade – 200 mil, no mínimo. São 95 nessa condição. Das capitais, só Palmas, com 180,5 mil eleitores, fica de fora.

No domingo, os eleitores poderão votar das 7h às 17h – é recomendável consultar antes o local. A Justiça Eleitoral definiu que pessoas com 60 anos ou mais terão preferência das 7h às 10h. As 401 mil seções eleitorais adotarão medidas sanitárias em razão da Covid-19.

Deputados candidatos
A maior parte dos 66 deputados candidatos nas eleições municipais deste ano disputará as prefeituras de capitais. Esses dados constam de levantamento da Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados com base nos registros da Justiça Eleitoral.

No total, 59 deputados concorrem a prefeito. Desses, 38 se candidataram em capitais. Outros 9 participam do pleito em cidades em que poderá haver segundo turno. Além dessas, há mais 12 candidaturas pelo País. https://www.camara.leg.br/internet/agencia/infograficos-html5/participacao-deputados-eleicoes-municipais-2020/index.html

Duas capitais (Fortaleza e Belém) terão, cada uma, quatro deputados na disputa pela prefeitura. Em Boa Vista, Rio de Janeiro, São Luís e São Paulo, a urna eletrônica mostrará três deputados. Na capital paulistana, dois parlamentares ainda concorrem como vice.

Ao todo, os deputados candidatos participarão como adversários em 11 das 26 capitais – no Distrito Federal não há pleito municipal. Isso ocorrerá em quatro capitais do Nordeste. Nas regiões Norte e Sudeste, haverá disputa deles em três. No Centro-Oeste, em uma.

Ainda quando se consideram as regiões do País, o Nordeste aparece com 23 deputados candidatos, seguido do Sudeste, com 19. Juntas, essas duas regiões concentram quase dois terços dos integrantes da Câmara que agora buscam o Poder Executivo local.

O número de deputados candidatos é inferior ao das últimas eleições municipais (2012 e 2016), quando 87 e 82 concorreram, respectivamente. Ao todo, 21 partidos lançaram nomes, sendo 9 do PT e 7 do PSL. Essas legendas são hoje as duas maiores bancadas na Câmara.

Da Redação com informações da Agência Câmara de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*